Junte-se a 22.515 pessoas que
decidiram aprender tudo sobre Blogs,
SEO e Monetização.

Guest Post

Saiba como planejar seu casamento na praia com essas dicas!

Casar na praia exige algumas preparações diferentes em comparação a espaços fechados convencionais. Veja algumas delas a seguir e prepare uma festa inesquecível

Organizar uma festa de casamento é um desafio e tanto. Garantir um espaço bonito e adequado para acolher todos os convidados, caprichar nas comidas e bebidas oferecidas, garantir uma boa música e registros fotográficos e em vídeo de boa qualidade… a lista de tarefas parece não terminar nunca.

Esse processo tem algumas diferenças quando o casal deseja celebrar a cerimônia na praia. Se a maioria dos convidados não mora na região onde a festa vai ocorrer, é preciso dar informações precisas sobre como chegar até o local e indicar possíveis estabelecimentos para eles ficarem hospedados para curtir a festa sem preocupação.

Se você já se pegou imaginando casando na praia, mas não tem ideia como é o processo de organização desse tipo de evento, confira algumas dicas e lembre-se de escolher um bom hotel com espaço de eventos.

Previsão do tempo

O primeiro detalhe que pode fazer toda a diferença para uma boa festa na praia é conferir a previsão do tempo nessa época do ano. Uma das razões que mais motivam casais a preparar uma festa na praia é a possibilidade de festejar mais perto da natureza e em lugares mais confortáveis e abertos.

Contudo, se for uma época de chuvas intensas, esse desejo pode não se concretizar e ainda trazer vários desafios para garantir o conforto dos convidados (afinal, ninguém consegue permanecer muito tempo em uma festa se estiver com a roupa ou o espaço molhado). Confira quais são as épocas de tempo estável e com menos chuvas na área onde vocês desejam casar.

Autorização

Outra diferença para quem casa na praia é a necessidade de solicitar uma autorização da prefeitura local para poder realizar a festa em uma praia. O mais comum é que esse pedido seja realizado até no máximo um mês antes da data do casório.

Por isso, é bom evitar os meses de alta temporada, marcados por praias cheias. É importante evitar festas em feriados pela mesma razão, além do fato de os convidados poderem enfrentar bastante trânsito para chegarem até a praia.

Na autorização, devem constar informações básicas, como os horários de início e término da festa, o que é permitido instalar na praia e quais as possíveis restrições em relação ao som.

Infraestrutura

Outra dica importante é pesquisar bem as empresas responsáveis por oferecer a infraestrutura de geradores elétricos, o que vai garantir toda a festa (desde iluminação, refrigeração de bebidas, som, etc).

Pelo menos essa parte da burocracia os noivos evitam se o casamento acontecer em um hotel à beira-mar. Nesse caso, o ideal é fechar o contrato com o local com dois ou três meses de antecedência.

Um último cuidado é escolher bem o local da festa, considerando não apenas a beleza da praia escolhida, mas também a infraestrutura local. A cidade consegue comportar o número de convidados, oferece serviços de saúde e segurança caso alguém precise? É importante lembrar disso para garantir o bem-estar dos convidados.

Vestimenta

Como qualquer festa, o convite deve indicar qual é o traje recomendado para a celebração. O mais comum em casamentos em praia é que os homens não precisem de ternos e possam ir sem gravata.

Já as mulheres podem optar por vestidos mais floridos e sandálias rasteiras, sobretudo se a festa ocorrer à tarde. Ao definir a maquiagem, priorize aqueles que contenham filtro solar.

Uma tática simples e cada vez mais realizada em festas de casamento é a distribuição de chinelos para os convidados após o jantar, para que eles fiquem mais confortáveis e possam dançar à vontade — não há ambiente em que os chinelos se façam mais necessários do que a praia, não é?

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.